MedSystem

O projeto consiste em um sistema de acompanhamento para auxiliar na administração dos horários que um indivíduo tenha para tomar medicamentos.

  • 0 Raised
  • 0 Juries

Categories

  • Mulheres e Inovação

Featured Video

Description

Qual o problema que estamos resolvendo?


Até o ano de 2018 o Brasil ocupava a sexta posição no ranking de maiores mercados farmacêuticos no mundo, sendo previsto um novo crescimento, bem acima da média mundial, para os próximos 4 anos. Porém, o brasileiro está longe de ser uma pessoa comprometida com o tratamento medicamentoso, isso porque a prática de abandonar remédios antes do tempo, esquecer do horário programado pelo médico e a automedicação são costumes que com o tempo foram normalizados na cultura nacional. Podemos pegar como exemplo a rotina do João, aposentado de 80 anos que todas as segundas às 13h precisa de seus remédios para memória, força e uma vitamina D. Senhor João recentemente precisou adicionar um outro comprimido com dias alternados para tratar uma pneumonia, e por já ter uma memória mais fragilizada necessita de ajuda constante para que não esqueça seus medicamentos. Ou também podemos pegar a situação de Ana, 22 anos, estudante universitária e estagiária, com uma rotina totalmente atarefada. Ana faz uso de anticoncepcional, remédio que necessita de extrema precisão no horário de ingestão. Um dos efeitos colaterais do anticoncepcional pode envolver alterações de memória em poucos casos, e isto atrelado ao dia a dia estressante de Ana resulta em diversas perdas de horário para se medicar, prejudicando diretamente a eficácia do remédio. 

É fato a importância de se medicar corretamente, conforme prescrito pelo médico, mesmo com a melhora do quadro de saúde antes do remédio terminar. É para que se mantenha a eficácia do componente, tem que respeitar o tempo de meia vida presente do insumo.


Quem é impactado por esse problema?


Mulheres, principalmente entre 18 e 45 anos, que utilizam frequentemente medicamentos, como pílulas anticoncepcionais. Idosos, pessoas com deficiência auditiva ou visual e o público em geral que tomam remédios diariamente.


Qual a solução criada pela equipe para resolver esse problema?


O projeto consiste em um sistema de acompanhamento criado para auxiliar na administração dos horários que determinado indivíduo tenha para tomar medicamentos. Através de toda lógica de programação nele contida será possível definir em qual horário o sistema irá sinalizar (acender um led de indicação) na gaveta correta do medicamento também já pré-definido, contendo nove gavetas no geral, para que seja possível a programação de diversas combinações de remédios. Uma vez pré-selecionado quais os horários, quantidade do medicamento, frequência solicitada pelo médico responsável, é só distribuir os comprimidos nas gavetas com a combinação que o usuário necessite. Feito isso o dispositivo irá emitir um alerta quando for a hora programada para a retirada do medicamento, além de evidência apenas a gaveta programada para aquele horário, diminuindo as chances do usuário esquecer da sua medicação ou tomar por duas vezes o mesmo medicamento. 

O dispositivo contará com tecnologias mecânicas (partes moveis e estruturais), eletrônica (placas e circuitos), programação da lógica de funcionamento  preciso dos horários a serem definidos pelo usuário. Em adicional contará com a conectividade  das tecnologias de um aplicativo para smartphone, inteligência artificial (conectividade/interatividade com Alexa e Google Home) que possibilitará controlar toda a ação do sistema. 

A interação do aplicativo e a inteligência artificial não ficará restrita somente ao usuário principal, sendo assim conseguimos cadastrar os usuários acompanhantes, exemplo: Ana, filha da Dona Maria, que fica muito preocupada com o horário de medicamento de sua mãe e sempre pergunta sobre a gestão de seus medicamentos e a maioria das vezes sua mãe relata o esquecimento de alguns remédios no seu dia a dia, com isso o sistema da MedSytem irá ajuda-la nesse controle, pois Ana fará todos o agendamentos dos medicamentos de sua mãe e usará em seu Smartphone a conta usuário acompanhante, isso lhe permitir acompanhar em tempo real se sua mãe esta fazendo o uso da medicação correta ao longo do dia e interagir com sua mãe quando for necessário, além de atender os ODs ONU 3, 5, 8, 9 e 10.


Prototipagem em 3D


Prototipagem real em processo


Parte mecânica/estrutural (chapa em alumínio de 1mm) 



Parte de eletrônica/programação




Parte da criação do aplicativo/inteligência artificial


 


O que faz a sua ideia ser única?


O uso de medicamento no horário prescrito é um ótimo contribuinte na saúde do indivíduo, assim como seu uso de maneira negligente resulta em prejuízos. Dessa forma, nossa ideia é auxiliar diretamente na questão de horários e adaptação da ingestão de medicamentos, além do seu recurso tecnológico que permite a criação de alerta cooperando para o seu melhor funcionamento diminuindo as preocupações diárias. Com base nessas informações, fizemos diversas pesquisas de campo e não encontramos nenhuma ideia igual ou semelhante a que a MedSystem oferece, o que torna nossa ideia única e inovadora. 


Quem é o time que irá executar essa solução?


Natasha Oliveira

Residente em Volta Redonda – RJ. Graduanda em Engenharia Mecânica pela UGB - Campus Aterrado. Em 2019 concluí o curso técnico de enfermagem. Experiência de estágio em hospitais e asilos. Experiência profissional de Jovem Aprendiz em Mecânico de Manutenção no SENAI Volta Redonda. E serei a responsável pelo setor de logística da MedSystem.


Natielly Cruz Peixoto

Residente de Volta Redonda – RJ. Graduando em Psicologia pela UGB - campus Aterrado. Experiência profissional de jovem aprendiz em Mecânico de Manutenção no SENAI Volta Redonda. E serei a responsável pelo setor de marketing/designer da MedSystem.


Mariana Thomaz 

Residente de Volta Redonda – RJ. Tenho experiência profissional de jovem aprendiz de Mecânica de Manutenção. Em 2018 concluí os cursos de: Assistente de Recursos Humanos e Inglês Básico. Possuo também noções no uso do pacote Office e nível intermediário no idioma inglês. E serei a responsável pelo setor financeiro da MedSystem.


Matheus Gonçalves De Paula

Residente em Volta Redonda - RJ. Graduando em Engenharia Mecânica pela UGB - Campus Aterrado.

Formação técnica em Automação Industrial pelo Instituto de Cultura Técnica - ICT - Volta Redonda.

Experiência profissional de Jovem Aprendiz em Instrumentação Industrial e Mecânico de Manutenção no Senai Volta Redonda.  E serei o responsável técnico pela programação da MedSystem. 


Pedro Machado

Residente em Volta Redonda – RJ. Graduado em Engenharia Mecânica / Pós-Graduando em Engenharia de Segurança do Trabalho pela UGB – campus Aterrado/ Pós-Graduando em Docência em Engenharia – Dom Alberto (FAVENI). Instrutor em Mecânica no SENAI Volta Redonda,

Experiência em projetos de fabricação mecânica e elétrica. Formação básica em eletromecânica (Ajustador mecânico, torneiro mecânico, eletricista de Manutenção e Soldagem). Conhecimento em Lean Manufacturing, indústria 4.0. E serei o responsável técnico pela produção da MedSystem.



Nossas redes sociais


Facebook: MedSystem

Instagram: medsystemoficial 

LinkedIn: MedSystem Oficial

E-mail: [email protected]




Copyright © 2021 All rights reserved. TAIKAI — Hackathon Platform.