Como construir uma comunidade Web3: o guia definitivo

Construir uma comunidade é vital para o sucesso de qualquer projeto na Web3.

Descentralização, inovação e o desenvolvimento da Web3 só são possíveis através das pessoas e, para que isso aconteça, deve haver uma comunidade unida que lute com unhas e dentes pela iniciativa.

Por outro lado, a credibilidade dos projetos da Web3 ainda é afetada negativamente como resultado de inúmeros esquemas fraudulentos que persistem em continuar e manchar um conceito promissor. Construir uma comunidade não só beneficia o projeto, mas também lhe dá mais autoridade.

No entanto, ela vem com seu próprio conjunto de desafios. 

Criar, gerenciar e expandir uma comunidade é demorado e requer esforço, mas não deixe que isso o desanime - neste guia, mostraremos tudo o que você precisa saber para construir uma comunidade na Web3 desde o início.


KYC - Conheça sua comunidade 👀

A adaptação lúdica da sigla KYC (conheça seu cliente) é bastante auto-explicativa. E é, talvez, o passo mais importante de todos.

Conhecer sua comunidade, antes mesmo de ter uma dimensão relevante, implica ir em busca da comunidade certa nos lugares certos.

Procure desenvolvedores se você quiser a experiência deles. Procure holders, investidores e entusiastas de criptomoedas se o projeto for de natureza econômica. 

Se você quiser se concentrar nos criadores de conteúdo, certifique-se de que eles sejam expressivos em sua comunidade e assim por diante. Caso contrário, você corre o risco de ouvir os grupos errados e estagnar seu crescimento.

As melhores redes sociais e canais de comunicação para comunidades na Web3 👋

Telegram, Discord e Twitter são, sem surpresa, as três redes sociais mais populares entre as comunidades da Web3. No entanto, mencionaremos mais algumas abaixo para que nada seja esquecido:

  • Reddit

  • YouTube

  • Instagram

Você não precisa estar presente em todas elas ao mesmo tempo; em vez disso, concentre-se naquelas em que seu público-alvo está e expanda a partir daí.

Escolher uma delas para lançar sua comunidade na Web3 também é uma opção viável, mas você pode apostar tanto no Discord como no Telegram, pois eles se complementam:

  • No Discord, é simples criar e impulsionar servidores para focar em temas específicos, e também é versátil (podem ser criados canais somente texto e somente de voz) e multiplataforma. O Discord também permite fazer transmissões e sua lista de recursos continua melhorando regularmente. É uma das plataformas mais completas disponíveis.

  • O Telegram, diferentemente de concorrentes como o WhatsApp, não tem limite de membros em suas listas de transmissão e permite que os usuários enviem arquivos de até 2GB de tamanho. Também é possível usar o aplicativo para enviar notificações e notas adesivas para sua comunidade na Web3.

Por outro lado, ao criar uma comunidade na Web3, é fundamental não ignorar uma das plataformas de mídia social com base de usuários mais centrada em tecnologia: o Twitter.

Explore a busca avançada do Twitter por discussões na Web3 e comece a seguir e conversar com os influenciadores em seu nicho. Você provavelmente encontrará um grupo diversificado de pessoas nesta rede social que estão interessadas em se tornar parte de sua comunidade.

Discord e Telegram são ferramentas incríveis para engajar e gerenciar sua comunidade, mas o Twitter é um espaço muito maior. Todas essas plataformas se complementam e funcionam muito bem como um todo.


Objetivos da comunidade Web3 🎯

Mais do que apenas estabelecer uma comunidade na Web3, você deve estabelecer um objetivo principal. Claro, você pode ter objetivos secundários, mas um deles deve ser sua principal prioridade.

Trabalhar lado a lado com alguns stakeholders internos e externos, fazer uma boa pesquisa (perguntar e ouvir para conhecer bem o seu público) e colaborar pode ajudar a esclarecer as necessidades mais urgentes do negócio com as quais a comunidade pode ajudar.

Neste ponto, é fundamental alinhar os objetivos da sua comunidade com os objetivos do seu projeto.

Vejamos um exemplo. Se você está construindo uma DAO (Organização Autônoma Descentralizada), é importante aproximar as pessoas e, com isso, algumas delas podem se tornar defensoras da marca, além de investir na sua DAO.

Atrair embaixadores da marca pode ser um objetivo para sua nova comunidade Web3 e o motivo de sua criação, com o objetivo secundário de atrair investimentos para a DAO. 

Outros objetivos possíveis incluem aumentar as vendas, melhorar as taxas de retenção, ganhar investimentos, encontrar parceiros de negócios, melhorar as habilidades dos funcionários e assim por diante.

Como você tem um objetivo final em mente, você pode direcionar o comportamento da comunidade em torno dele, considerando em quais ações e debates você deseja que os membros se envolvam.

Chamar sua equipe para abrir tópicos relacionados aos seus objetivos é uma maneira inteligente de fazer isso. Expandir os tópicos levantados por outros também é uma boa prática.

Lembre-se, também, que criar pesquisas é uma forma de engajar e orientar o debate da comunidade na Web3. Tenha em mente que você também deve ser transparente. Como resultado, descobrir e comunicar seus objetivos à comunidade também é uma boa prática.


Como você pode medir a "saúde" e o crescimento de uma comunidade? 🚀

Está em debate, mas acreditamos que é preferível ter uma comunidade Web3 menor com um alto nível de engajamento, em vez de milhares de membros com um baixo nível de engajamento.

Comunidades Web3 com milhares de membros, mas sem discussão, são apenas uma métrica de vaidade e, pior, colocam a ideia de que o projeto está morto.

Como resultado, para medir sua comunidade Web3, seus KPIs (indicadores-chave de desempenho) devem estar alinhados com seus objetivos.


Métricas a serem consideradas no lançamento

Quando você está apenas começando, precisará monitorar de perto algumas métricas operacionais.

Nesta fase, cada novo membro que entrar no seu servidor ou canal parecerá uma vitória.

Mais do que as métricas em si, entender de onde os membros vieram, por que estão se juntando e medir o impacto que eles têm no projeto são os insights extremamente relevantes para se ter desde o início.

Também é importante acompanhar o número de postagens e engajamentos, que incluem comentários, reações e determinar se um tópico evoluiu ou não para um debate produtivo.

À medida que a comunidade cresce, você enfrentará o desafio de manter altos níveis de engajamento, então agora é a hora de medir a saúde de sua base.

Em outras palavras, fique de olho na proporção de membros ativos e contribuintes em relação ao total de membros. É conhecida como a "métrica de vibração".


Observando a maturidade

Objetivos tangíveis são realmente testados neste ponto da análise, porque você precisa saber se atingiu seus objetivos principais agora mais do que nunca.

Quando sua comunidade Web3 estiver amadurecendo, após um crescimento sólido, você deve estar preparado para uma queda nos números. Portanto, nunca desvie o olhar do seu objetivo.

Além disso, esteja ciente de que as comunidades maduras recompensam os defensores da marca.

Você pode procurar embaixadores em plataformas de mídia social como o Twitter e encontrar aqueles que o ajudariam como gerente de comunidade, recompensando-os com conteúdo exclusivo ou até mesmo iniciando um programa de embaixador da marca (cobrimos os programas de embaixador mais adiante neste artigo).

👉 Saiba mais sobre os embaixadores da marca


Moderação 🚨

Depois de ter uma comunidade Web3, certifique-se de que as regras são claras, mantendo uma atmosfera positiva e leve. 

A moderação é necessária para garantir que os debates fluam o mais suavemente possível, mantendo-se relevantes. Também garante que todos os membros se sintam à vontade para participar em pé de igualdade.


Política da comunidade Web3

Uma boa maneira de fazer isso é elaborar uma política da comunidade Web3 que inclua as seguintes disposições:

  • Deixe claro quem você é e por que está promovendo a comunidade.

  • Foque em temas que as pessoas possam explorar para evitar distorções. Em geral, uma comunidade da Web3 discutirá tópicos como Blockchain, DeFi, jogos, recompensas, criptomoedas, tokens e assim por diante.

  • Criar políticas que proíbam a discriminação, que investiguem a cultura e as normas sociais e que promovam a diversidade na expressão.

  • Esclareça que os moderadores não favorecem um grupo ou um indivíduo em detrimento de outro.

  • Defina políticas de idioma para ajudá-lo a evitar um incêndio em casa.

  • Indique se algumas postagens que violam as diretrizes da comunidade serão excluídas ou não.

  • Se alguém violar as regras da comunidade, deixe claro que tipo de sanções serão impostas e quantas violações são permitidas antes de suspender ou banir alguém.

Aqui está um exemplo de diretrizes da comunidade do GitHub.

Gerenciando a comunidade

Para começar, lembre-se de que moderar um grupo no Discord, Facebook, Telegram ou Slack é uma experiência única. 

Portanto, no mínimo, deve ser apropriado focar em um ou dois canais (recomendamos Discord e Telegram) antes de expandir sua comunidade para outras plataformas.

Isso também é necessário para receber adequadamente os visitantes. Certifique-se de que todos sejam apresentados com algumas palavras de boas-vindas. Todos se sentem à vontade com essa atitude.

Você quer manter a casa em ordem como um bom moderador. Você deve ser paciente e compreensivo. Evitar julgamentos ao fornecer feedback consistente aos usuários, incentivar interações positivas e remover quaisquer comentários inadequados garantirá que todos tenham a oportunidade de se expressar.


Principais preocupações a serem observadas

  • Spam/notícias falsas

  • Linguagem forte

  • Tópicos não relacionados

  • Idiomas estrangeiros

  • Autopromoção

  • Demanda por atualizações

  • Desrespeito pessoal

  • Vazamentos de informações

Traga sua equipe

Certifique-se de que o maior número possível de membros de sua equipe adote sua comunidade Web3 e participe (e aproveite!).

Também é importante trazer sua equipe para o debate para facilitar, mediar e manter a comunidade focada.

Afinal, você não poderá acompanhar o debate o tempo todo, e ter a ajuda da equipe como moderadores pode facilitar a distinção entre trolls, haters, spam e pessoas que não sabem se expressar devidamente.


Iniciar e responder a conversas

Outra razão para ter mais de um moderador é que sua equipe pode iniciar novas discussões.

A coisa mais importante que você pode fazer para ajudar sua comunidade a ganhar vida é fazer boas perguntas que façam as pessoas pensarem e se envolvam no debate.

Fique de olho no que as pessoas estão perguntando. É fundamental responder e comentar sobre tópicos genuínos, mesmo que pareçam um pouco bobos.

As comunidades normalmente precisam de segurança, e isso é totalmente esperado.

Os membros geralmente querem ter atualizações de status e saber mais sobre a equipe e o trabalho em andamento.

Tranquilizá-los com frequência sobre o que está acontecendo é importante para manter uma comunidade saudável e rumores claros.


Admissão de Moderadores

Os gerentes de comunidade geralmente são apoiadores de longo prazo, disponíveis durante períodos de tempo significativos, que possuem habilidades ou insights específicos, seja sobre o próprio projeto ou sobre ferramentas sociais em geral.

Além disso, um ótimo moderador é um moderador leve, acostumado a digitar e reagir rapidamente, fluente em inglês do dia-a-dia e com habilidades interpessoais aprimoradas e senso de responsabilidade

Você deve identificar esses membros porque, à medida que a comunidade cresce, você pode precisar de mais moderadores para ajudá-lo. Os membros ativos que respondem às conversas de forma proativa e têm o hábito de ajudar outros membros são os melhores candidatos para uma nova função de moderador.

Esse senso de colaboração é uma das habilidades mais importantes para moderadores, mas existem outras habilidades necessárias como gerente de comunidade:

  • Ser líder;

  • Ser sempre cortês com os outros membros; 

  • Possuir habilidades interpessoais e de comunicação excepcionais;

  • Flexível e disposto a trabalhar em regime de meio período;

  • Ser capaz de lidar com situações imprevisíveis da comunidade;

  • Analítico, criativo, proativo e multitarefa.

Se você notar essas habilidades em um ou mais membros de sua comunidade Web3, não perca tempo e fale com eles em particular. Estamos confiantes de que eles se sentiram lisonjeados, e há uma vantagem aqui: eles já são membros conhecidos da comunidade.

Outra possibilidade é criar uma posição formal para um gerente de comunidade. Nesse caso, você poderia promover um desafio de contratação com a TAIKAI, por exemplo.

É uma forma de validar perfis e recompensar os membros da comunidade com criptomoedas.

👉 Contratando remotamente? Essas dicas de contratação remota podem ajudá-lo a encontrar os melhores talentos online.

Além disso, não há necessidade de se envergonhar se você não tiver um orçamento e o cargo não for remunerado. Você deve, no entanto, recompensá-los adequadamente.

Isso pode ser feito por meio de benefícios como acesso gratuito e exclusivo ao conteúdo, posições de teste beta, merchandising e outras vantagens não financeiras. E, claro, você sempre pode recompensá-los com seu próprio token.


Principais deveres dos moderadores da comunidade

  • Coordenação geral de uma equipe de gestão comunitária, respondendo por suas necessidades, cronogramas e relatórios.

  • Atenção regular a um ambiente de trabalho em equipe aberto.

  • Moderação entre plataformas

  • Revisão de conteúdo com base nos padrões da comunidade e boa conduta geral na web

  • Compreensão geral do produto/projeto

  • Manutenção diária (grupos de chat, canais ou bots)

  • Atualizar a equipe de gestão sobre os bons padrões e melhores práticas

  • Foco em assistência técnica e experiência do usuário

  • Solução de problemas caso a caso para os usuários

  • Respondendo a possíveis contravenções/violações

Feedback da comunidade 🗣️

Tão importante quanto fornecer feedback aos membros da comunidade – respondendo perguntas, participando, elogiando e ficando alerta se alguém quebrar as regras – você também deve ouvir os membros e valorizar a comunidade.

Estabelecer uma rotina de feedback que inclua pedidos de feedback diretamente aos membros e a promoção de pesquisas de opinião e de satisfação.

Garantimos que você ficará surpreso com as diversas emoções dos membros.

Isso pode garantir o sucesso da comunidade Web3 porque o feedback revela no que seu público está interessado. 

Além disso, de acordo com um estudo da Microsoft, quando as marcas convidam e aceitam feedback genuíno, 77% dos consumidores as veem com bons olhos.

Além disso, o feedback da comunidade ajuda a ativar os embaixadores da marca para o seu negócio e a melhorar não apenas a comunidade Web3, mas também o que você pode fazer melhor em seus serviços Web3 e seu modelo de negócios.

Um outro estudo da SurveyMonkey demonstra isso perfeitamente. Descobriu-se que 91% dos consumidores acreditam que as empresas que solicitam feedback melhoram sua inovação.

Por outro lado, as interações da comunidade às vezes podem substituir o feedback das interações de serviço, ao mesmo tempo em que aumentam o engajamento.


Gerenciando comunidades paralelas 🌱

À medida que a comunidade cresce, surgirão organizações menores focadas em certos aspectos do projeto. É fundamental gerenciar e monitorar essas microcomunidades para manter a saúde geral da comunidade e manter-se informado sobre o que é discutido fora dos fóruns oficiais.


Trading

A discussão e a especulação sobre a ação do preço são recorrentemente desejadas pela maioria das comunidades específicas de token. É importante ser claro sobre as regras dos membros, pois as negociações de preços saudáveis geralmente são centradas em análises técnicas e especificações de mercado atualizadas.


Mídia

Web3 é um desenvolvimento contínuo de como experimentamos a web. Muitos membros ficam ansiosos para contribuir com o projeto que estão apoiando, produzindo conteúdo e mídia que compartilham com outros membros da comunidade.


Em geral

Qualquer comunidade online grande o suficiente, em algum momento, ganha vida por conta própria, desde que os membros encontrem um lugar aberto para interação livre. Uma sala de bate-papo fora do tópico para conversas gerais é sempre ótima para manter os membros interagindo com mais frequência e de forma mais positiva.


Não oficial

Muitas comunidades online evoluem rapidamente a um ponto em que os membros de longa data desejam criar seus próprios pontos de venda não oficiais. É bom estar ciente disso e manter um relacionamento direto e aberto com os proprietários.


Canais não oficiais geralmente são um ótimo sinal de crescimento da comunidade/projeto, mas podem sair pela culatra se sua natureza for maliciosa. Spammers, golpistas e usuários antiprojetos podem tentar enganar membros saudáveis da comunidade, portanto, mantenha-se informado sobre esses grupos.


Principais: o que fazer e o que não fazer

  • Certifique-se sempre de que a comunidade online esteja ciente de todos os canais oficiais da comunidade;

  • Seja conciso, é importante ter regras gerais claras e permanentes, bem como uma narrativa única para informação pública;

  • Seja amigável, é a internet - uma maneira fácil de manter a calma e jogar bem;

  • Esteja presente para ter certeza de que as necessidades de cada moderador online são atendidas!

  • Seja verbal, não responsivo - mesmo membros experientes merecem respostas elaboradas; além disso, outros membros passivos podem precisar de mais informações;

  • Seja pessoal, mantenha uma sala de bate-papo limpa e peça sempre aos membros que lhe enviem uma mensagem particular a fim de fazer uma elaboração mais direta;

  • Não trate diferentes membros de forma desigual, é mais saudável ter o mesmo padrão para todas as ocasiões;

  • Não exagere na reação, argumentos fortes ou declarações longas às vezes são facilmente classificadas com uma resposta genérica ou um pequeno aviso - as coisas nunca devem se intensificar do seu lado;

  • Não interaja demais, membros com um temperamento engraçado são acionados quando interrompidos ou respondidos imediatamente após;

  • Fique atento aos novos membros, afinal, é a internet - as pessoas são capazes de transmitir qualquer tipo de abuso.


Invista em um programa de embaixador da marca

Depois que seu projeto Web3 estiver estabelecido e sua comunidade estiver crescendo de forma constante, é hora de avaliar a importância de criar um programa de embaixadores.

Um embaixador da marca é alguém que promoverá e defenderá sua marca. Seu papel é incorporar e defender os valores, a ética e a identidade de sua empresa em todos os sentidos.

Normalmente, uma pequena porcentagem de sua comunidade estará profundamente investida em seu projeto e o programa de embaixadores mantém esses membros engajados, além de recompensá-los por seus esforços e dedicação.


Na Bepro Network, desenvolvemos o Programa Bepromoter Ambassador para entusiastas da comunidade que desejam desempenhar um papel ativo no crescimento do ecossistema da Bepro Network.

Este tópico é tão grande que merece um artigo próprio, mas podemos compartilhar uma estrutura de programa bastante abrangente:

  • Os membros da comunidade se inscrevem no seu programa. Normalmente, existem papéis pré-estabelecidos para os membros escolherem. Por exemplo, criadores de conteúdo e tradutores são duas funções populares.

  • O júri então seleciona os membros que irão aderir ao programa. Isso pode ser feito de várias maneiras, mas sugerimos misturar perguntas baseadas em dados e perguntas abertas em seu processo de inscrição para entender melhor cada embaixador.

  • Você atribui tarefas aos embaixadores e os recompensa após a conclusão.

  • Há infinitas possibilidades de programas de embaixadores, como por exemplo, quadros de liderança, códigos de referência e assim por diante.

Gerenciamento de comunidade Web3: melhores práticas ✍️

  • Comece conduzindo pesquisas para aprender sobre sua comunidade e desenvolvendo pessoas que você deseja atingir.

  • Definir objetivos específicos e indicadores chave de desempenho (KPIs). Em outras palavras, especifique o nível de participação que você espera de sua comunidade.

  • Segmentar tópicos ativos

  • Gerencie a comunidade adequadamente: ter mais de um moderador é fundamental para o sucesso da comunidade.

  • Estabeleça uma política comunitária.

  • Para evitar distorções, promova tópicos com base em temas de foco que as pessoas possam explorar.

  • Determine quais membros são os mais ativos e considere nomeá-los como gerentes da comunidade.

  • Considere desenvolver um programa de embaixadores e recompensar os membros para aumentar o engajamento.

Considerações Finais 💬

As comunidades sempre demonstraram ser uma maneira bem-sucedida de engajar clientes e públicos. Quando se trata da Web3, as comunidades ganharam ainda mais força: elas são o elemento central no desenvolvimento de um projeto da Web3.

Acima de tudo, você deve planejar antes de construir sua própria comunidade Web3. Encontre a comunidade que seu projeto irá beneficiar, defina Métricas, modere e envolva membros e tenha discussões relevantes.

Com dedicação e consistência, sua comunidade Web3 crescerá, assim como seu projeto.


Procurando levar seu projeto Web3 para o próximo nível?

Hospedar um hackathon é uma ótima maneira de envolver sua comunidade e fazer com que os desenvolvedores testem e usem seu protocolo ou EVM.

TAIKAI é uma plataforma de hackathon virtual que torna um evento de hackathon online muito mais fácil de hospedar.

Aumente sua rede hoje com a gente. Solicite uma demonstração ou inicie seu hackathon.

Carlos Mendes
Carlos Mendes
blockchaincommunityorganizer
Ver todos

Assine nossa newsletter
e receba todas as novidades

[email protected]
R. de António Cardoso 318
4150-082 Porto, Portugal
Copyright © 2022 Todos os direitos reservados. TAIKAI — Builder Hub